sexta-feira, 27 de maio de 2016

[OPINIÃO] - A Rapariga no Comboio


Olá, olá!

Hoje venho falar de um livro que me andou a matar de curiosidade durante meses, mas quando finalmente o li, desiludi-me um bocadinho.

Título: A Rapariga no Comboio
Título original: The Girl on the Train
Autor: Paula Hawkins
Edição: 2015
Editora: TopSeller
Páginas: 320
ISBN: 9789898800541
P.V.P.: 17,69€
A minha classificação: 4/5










Sinopse: "O êxito de vendas mais rápido de sempre. 

O livro que vai mudar para sempre o modo como vemos a vida dos outros. 


Todos os dias, Rachel apanha o comboio... No caminho para o trabalho, ela observa sempre as mesmas casas durante a sua viagem. Numa das casas ela observa sempre o mesmo casal, ao qual ela atribui nomes e vidas imaginárias. Aos olhos de Rachel, o casal tem uma vida perfeita, quase igual à que ela perdeu recentemente.


Até que um dia... 


Rachel assiste a algo errado com o casal... É uma imagem rápida, mas suficiente para a deixar perturbada. 


Não querendo guardar segredo do que viu, Rachel fala com a polícia. A partir daqui, ela torna-se parte integrante de uma sucessão vertiginosa de acontecimentos, afetando as vidas de todos os envolvidos."

As minhas marcações :D

A Rapariga no Comboio é Rachel, uma mulher desempregada, divorciada e com graves problemas com o álcool. Todos os dias Rachel apanha o comboio e observa o casal que vive perto da sua antiga casa. Imagina que têm uma vida perfeita, tenta adivinhar as suas rotinas e deixa que este casal faça parte da sua vida, dando-lhes até nomes fictícios: Jess e Jason.

Num dia igual a tantos outros, Rachel depara-se com uma situação estranha no quotidiano do casal. Mais tarde, a cara de Jess, que na realidade se chama Megan, está nas capas dos jornais. Rachel percebe que pode ser a única a ajudar a resolver um mistério e resolve ir à polícia, mas quem é que dará credibilidade a uma alcoólica?

Este thriller é-nos contado a três vozes - Rachel, Megan e Anna - e isso é algo que achei bastante interessante, uma vez que nos dá a conhecer diferentes visões da mesma história. Adorei todo o mistério e toda a confusão que a autora conseguiu criar na minha mente. Aliás, achei a escrita da autora bastante boa e conseguiu prender-me completamente à história.

Também achei que as personagens principais estavam bem construídas, exceptuando o Scott. Foi a personagem que, para mim, conhecemos pior e também a que ficou menos resolvida. Todas as outras - Rachel, Anna, Megan e Tom - nos dão a conhecer o seu passado e o seu caráter, pelo que conseguimos criar uma relação com elas, quer seja de empatia ou de antipatia.

Para além do mistério, o livro também nos dá uma visão muito real dos problemas das pessoas alcoólicas e acho que esse foi o aspeto que mais me marcou nesta história. Todos nós sabemos que o álcool pode destruir uma pessoa e que é muito difícil deixar o vício, mas acho que depois de lermos os pensamentos de Rachel ficamos com uma visão muito mais profunda sobre o assunto.

A personagem com quem criei maior empatia foi a Megan. Apesar de ter atitudes muito desaprovadoras, acabei por conseguir compreendê-la e cheguei a sentir compaixão por ela devido a tudo aquilo por que passou. Já a Rachel conseguiu irritar-me muitas vezes. Para além de todas as vezes em que dizia que não ia voltar a beber e afinal decidia ir comprar álcool (e a minha reação era NÃOOO!), achei-a demasiado "metediça" e egoísta. Contudo, também houve momentos em que simpatizei com ela e consegui compreender algumas das suas ações.

Aquilo que me impediu de dar as cinco estrelas na classificação do livro foi ter descoberto, ainda com algumas páginas de antecipação, o final da história. Não adivinhei o final completo, mas consegui resolver o mistério e a partir daí tudo se tornou bastante óbvio durante a leitura, o que foi uma pena.
No geral, o livro é interessante. Acabamos por nos envolver em todo o mistério que existe na história e a escrita da autora é bastante boa.

Foi tal o fenómeno com este livro que já vai haver filme! A data de estreia está marcada para 7 de outubro deste ano. Deixo aqui o trailer para quem quiser assistir.



Sem comentários:

Enviar um comentário