terça-feira, 28 de junho de 2016

[OPINIÃO] - Cem Anos de Solidão


Título: Cem Anos de Solidão
Título original: Cien Años de Soledad
Autor: Gabriel García Márquez
1.ª Edição: 1967
Editora: Dom Quixote
Edição: 2009
Páginas: 424
ISBN: 9789722039208
P.V.P.: 13,90€
A minha classificação: 5/5






Sinopse: "Plano Nacional de Leitura

Livro recomendado para o Ensino Secundário como sugestão de leitura.

«Muitos anos depois, diante do pelotão de fuzilamento, o coronel Aureliano Buendía haveria de recordar aquela tarde remota em que o pai o levou a conhecer o gelo.» Com estas palavras - tão célebres já como as palavras iniciais do Dom Quixote ou de À Procura do Tempo Perdido - começam estes Cem Anos de Solidão, obra-prima da literatura contemporânea, traduzida em todas as línguas do mundo, que consagrou definitivamente Gabriel García Marquez como um dos maiores escritores do nosso tempo. A fabulosa aventura da família Buendía-Iguarán com os seus milagres, fantasias, obsessões, tragédias, incestos, adultérios, rebeldias, descobertas e condenações são a representação ao mesmo tempo do mito e da história, da tragédia e do amor do mundo inteiro."


As minhas marcações


Este livro foi-me oferecido pelas minhas tias quando fiz 13 ou 14 anos. Na altura tentei lê-lo por duas vezes mas não passava do primeiro capítulo porque não percebia a história e muito menos as metáforas utilizadas pelo autor. Mas tanta foi a insistência da parte das minhas tias e ouvi falar tão bem deste livro que resolvi tentar mais uma vez. E ainda bem que o fiz.

É difícil resumir este livro devido à quantidade de personagens e de acontecimentos. Aliás, esta edição foi uma grande ajuda para mim porque tem a árvore genealógica da família Buendía, o que nos ajuda a perceber as ligações entre os diferentes elementos e não nos deixa perdidos em nomes que muitas vezes passam de geração em geração. O único ponto negativo é que esta árvore genealógica acaba por nos "spoilar" ao representar as relações extra-conjugais, os casamentos e os filhos legítimos e ilegítimos.

CUIDADO! Pode conter spoiler!

No geral, esta é a história de várias gerações da família Buendía. A primeira geração desta família, o casal José Arcadio Buendía e Úrsula Iguarán, ajudaram a fundar Macondo, uma aldeia fictícia. É em Macondo que assistimos ao crescimento da família Buendía, marcada por fortes crenças, características muito peculiares e também por relações incomuns e de incesto. Apesar das diferentes personalidades e das particularidades de cada elemento da família, há algo comum a todos eles: a solidão. Todas as personagens a dada altura da história acabam por se sentir sós, o que resulta no título deste livro.

Uma palavra acerca deste livro: maravilhoso. É normal que há dez anos atrás não tivesse gostado da leitura porque não tinha a maturidade exigida para a compreensão desta história. Agora sei que este vai ser um dos livros que vai marcar a minha vida. Há todo um conjunto de crenças sobrenaturais e de poderes mágicos ligados às personagens que eu adorei, há personagens das quais gostei muito e outras de quem não gostei nada. Mas penso que não houve nenhuma personagem que estivesse a mais porque todas elas foram importantes para o desenvolvimento da história. Este é um livro sem momentos mortos, uma história cheia de acontecimentos e de surpresas. Foi uma leitura fantástica!

A escrita de Gabriel García Márquez é soberba e facilmente se entende porque é que este é um livro tão aclamado e vencedor do Prémio Nobel da Literatura em 1982. O autor tem uma mente por demais imaginativa e consegue passar as suas ideias para palavras de uma forma linda. É uma leitura que não cansa e que só nos dá vontade de ler mais e mais. 

Como já deu para perceber, aquilo que mais gostei na história foram as particularidades de cada personagem, sendo que as que mais me marcaram foram Úrsula, Rebeca e Remedios, la Bella. Os momentos de guerra e conflitos políticos foram os que menos despertaram o meu interesse porque estava mais curiosa em relação ao desenvolvimento da família.

É um livro que recomendo a todas as pessoas que gostarem de histórias de família e do sobrenatural :)

Sem comentários:

Enviar um comentário